Vídeo mostra ação do atirador dentro da Catedral - AGRESTE CONECTADO

Vídeo mostra ação do atirador dentro da Catedral

Share This
Nas imagens, é possível ver os fiéis correndo enquanto o homem, identificado como Euler Fernando Gandolpho, 49 anos, se movimenta pela igreja efetuando disparos

Atirador matou quatro pessoas e cometeu suicídio na Catedral de Campinas / Reprodução de vídeo
JC Online e agências

A ação do atirador que matou quatro pessoas e cometeu suicídio na Catedral de Campinas, em São Paulo, foi registrada por câmeras de segurança. Nas imagens, é possível ver os fiéis correndo enquanto o homem, identificado como Euler Fernando Gandolpho, 49 anos, se movimenta pela igreja efetuando disparos de arma de fogo. 
O ataque em Campinas
Houve uma missa na catedral às 12h15 (horário de Brasília). Segundo o delegado Hamilton Caviola Filho, do 1º DP de Campinas, as imagens das câmeras de monitoramento da igreja mostram o homem sentando nos fundos e analisando o ambiente. Depois de algum tempo, ele se levanta e passou a disparar contra os fiéis que estavam na catedral com uma pistola calibre .40mm e um revólver calibre .38mm. O atirador tinha ainda dois carregadores.

Segundo o delegado, dois policiais militares que estavam do lado de fora da igreja ouviram os disparos e correram para a igreja. Um deles acertou um tiro na perna do atirador, que se matou em seguida. 

As vítimas, diz Caviola, são três homens e uma mulher, cujas identidades não haviam sido divulgadas até as 16 horas desta terça. O delegado informou que haverá um trabalho de perícia técnica dentro da igreja. Depois, os corpos serão liberados ao Instituto Médico Legal (IML) de Campinas, para identificação dos que não tiverem documentos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu os feridos para hospitais de Campinas. Uma mulher levada ao Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (HC-Unicamp) foi atingida nas pernas e tem quadro estável. Segundo o hospital, ela deverá ter alta ainda nesta terça-feira. Outros dois feridos estão no Hospital Municipal Mário Gatti e um terceiro foi internado no hospital Beneficência Portuguesa de Campinas. As informações são da Agência Estado.



{GALERIA}

Atirador identificado
O atirador foi identificado como Euler Fernando Grandolpho, 49 anos.  Segundo o delegado José Henrique Ventura, diretor do Departamento de Polícia Judiciária São Paulo Interior 2 (Deinter 2), Grandolpho, era de Valinhos, também no interior de São Paulo, e não tinha antecedentes criminais. "A profissão dele, ao que parece, era analista de sistemas", disse em entrevista coletiva na tarde desta terça. "Com a identificação, vamos investigar agora a motivação (do crime)."


Uma mochila de Grandolpho, com documentos, foi encontrada no interior da catedral. A polícia investiga onde e com quem Grandolpho morava. "O vídeo que temos (mostra) ele dentro da igreja, o que prova que estava sozinho", disse Ventura. Segundo o delegado, o atirador nunca havia sido visto na igreja. As informações são da Agência Estado.

Padre pede orações
O padre Amauri Thomazzi, que terminava de celebrar uma missa no momento em que um homem começou a atirar contra fiéis na Catedral de Campinas, publicou um vídeo em seu perfil no Facebook, pedindo orações para as vítimas do ataque e também para o atirador.

Bastante abalado e ainda dentro da igreja, o religioso narrou o ataque, destacando que ninguém conseguiu fazer nada para deter o atirador.

"Eu rezei a missa de 12h15. No final, uma pessoa entrou atirando e fez algumas vítimas. Ninguém pôde fazer nada, ajudar de forma nenhuma. Não tem como entrar ou sair da catedral no momento. Peço apenas que rezem pela pessoa, ele se matou depois da situação. Foram mais de vinte tiros aqui dentro. Rezemos por ele e por aqueles que foram feridos, tem também algumas vítimas fatais. Peçamos a nossa senhora imaculada que interceda por nossa catedral e por essas pessoas e famílias", disse.
PUBLICIDADE: FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, ACESSE O SITE CLIQUE NO BANNER!



Nenhum comentário:

Postar um comentário