Assédio no BRT causa confusão no centro do Recife - AGRESTE CONECTADO

Assédio no BRT causa confusão no centro do Recife

Share This
         
    As pessoas impediram o suspeito de deixar a estação e houve confusão quando um passageiro quis agredir o homem que estava sendo acusado de assédio sexual - Rafael Bandeira/LeiaJáImagens

Cidades



A Polícia Militar foi acionada e atendeu à ocorrência, mas a vítima não foi à delegacia prestar queixa

Um caso de assédio sexual gerou tumulto na estação de BRT da Avenida Guararapes, no centro do Recife, na manhã desta sexta-feira (31). De acordo com pessoas que estavam na estação, o homem (que não foi identificado) se esfregou na vítima dentro do veículo e ela, ao descer para a estação, gritou, xingou o suspeito e pediu ajuda chorando muito. Não há informações, no entanto, se o suspeito chegou a fazer mais algo além de esfregar o corpo na vítima.
As pessoas impediram o suspeito de deixar a estação e houve confusão quando um passageiro quis agredir o homem que estava sendo acusado de assédio sexual. Os policiais militares que estavam do lado de fora da estação foram até o local, ficando uma dupla responsável por atender à vítima e outra por conter o suspeito.
De acordo com um dos policiais que participou da ação, a vítima, que também não foi identificada, decidiu não prestar queixa na delegacia, afirmando que precisava chegar até o trabalho. Assim, o suspeito teve que ser liberado e a vítima foi acompanhada pela polícia até sair da estação.
Um segundo policial militar que atendeu ao caso também fez um apelo às mulheres que forem vítimas de qualquer situação semelhante à que ocorreu nesta manhã: “as mulheres devem denunciar e buscar seus direitos para punir o assediador, nenhum chefe deixará de entender a ausência no trabalho se a funcionária falar que vai à delegacia porque foi abusada”. 
PUBLICIDADE: FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, ACESSE O SITE CLIQUE NO BANNER!

PUBLICIDADE: LÂMINA SELVAGEM CONFIRA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK, CLIQUE NO BANNER!

Nenhum comentário:

Postar um comentário